Brasil Nacional

Avião com 45 brasileiros deportados chega hoje a Confins

Por Redação

13/05/2022 às 18:07:38 - Atualizado há


Entre as causas das condenações, cujas penas já foram cumpridas nos Estados Unidos, estão os crimes de estupro, pedofilia, assalto a mão armada e tráfico de drogas.
Os outros 21 deportados são imigrantes irregulares, que foram detidos após entrarem ilegalmente no país. Todos os passageiros, sem exceção, vêm algemados, e serão entregues à Polícia Federal, que irá decidir para onde serão encaminhados.
O avião do Serviço de Imigração e Controle Alfandegário (ICE) partiu do aeroporto Pheonix-Mesa Gateway, no Arizona, às 4h, com parada em Lusiana e Georgetown, e chega a Confins às 20h desta sexta-feira (13).
Os brasileiros condenados por crimes nos Estados Unidos já cumpriram a pena e podem ser liberados ao chegarem no Brasil. Caberá à Polícia Federal averiguar se existem pendências, por parte dos infratores, com a Justiça brasileira.

Imigração em alta

Entre setembro de 2020 e outubro de 2021, foi registrado um aumento de 814% no número de brasileiros apreendidos nos Estados Unidos por imigração ilegal. O número, que caiu durante a pandemia a uma média de 600 pessoas por mês, chegou ao pico de 8.000 apreendidos em só um mês do ano de 2021.
Segundo Alexandre Piquet, que é advogado imigratório e vive a 22 anos nos Estados Unidos, uma série de fatores contribuíram para esse aumento. Entre elas estão o fim da pandemia do coronavírus, a eleição da nova administração à frente da Casa Branca e a piora da situação de vida dos brasileiros.
O número de pessoas apreendidas representa apenas a quarta parte do total de imigrantes irregulares, diz o advogado. Isso é, a cada 4 pessoas que cruzam a fronteira entre os Estados Unidos e o México, um é apreendido. Estima-se que 228 mil brasileiros entraram dessa forma no país em 2021.
Esse aumento foi maior que a imigração irregular oriunda de outros países. O Brasil, que normalmente ocupa a posição de país de origem de 0,5% dos imigrantes irregulares, chegou a 5% do total em 2021. Em 2022, esse número voltou ao patamar anterior, com uma estimativa de que foram 1.323 brasileiros dentre os 221 mil imigrantes que entraram ilegalmente nos EUA, informa Alexandre.


Clandestinos

Quando um imigrante irregular é apreendido pela justiça dos Estados Unidos, ele pode ficar detido por alguns meses enquanto espera decisão judicial. Nesse meio tempo, a pessoa pode tentar entrar em algum dos processos de migração existentes, como o sponsor, pedido de asilo ou pedido de interrupção da deportação, no caso de ter familiares residentes no país ou justificativa cabível.
Após esse período, um juiz decide pela deportação ou não, que ocorre na maioria dos casos. Alexandre destaca que quem consegue ficar nos Estados Unidos normalmente são aqueles que já se enquadram em algum programa migratório, que pode ser requisitado fora do país. Muitas vezes, argumenta o advogado, o valor do processo para concorrer a esses programas é menor que o pago para os coiotes que fazem a travessia através da fronteira do México.

Estímulo à migração

Entre fevereiro e janeiro deste ano, houve um aumento de 83% dos green cards emitidos pelos Estados Unidos. No caso de pessoas com habilidades extraordinárias, que são aquelas que se destacam na sua profissão, trabalham em áreas de interesse nacional dos Estados Unidos ou que são selecionadas por empresas do país, o número de green cards emitidos dobrou, de 140 mil para 240 mil cartões.
Segundo Alexandre Piquet, o governo Biden está estimulando a política migratória. O resultado do pedido do green card, que antes demorava cerca de 1 ano para uma primeira resposta, tem ocorrido em 2 meses.
Entre as profissões de interesse nacional, que tem preferência para entrada no país, estão profissionais de saúde, advocacia, tecnologia da informação e professores de matemática. A emissão do green card nesses casos permite que toda a família emigre para o país regularmente.
Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

Portal Na Rede

© 2022 Portal Na Rede - Todos os direitos reservados.
Contato Comercial - John Kennedy - 82 99945-6055

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal Na Rede