Cidades Chã do Pilar

Polícia já identificou suspeitos de atentado que deixou uma criança morta

Alvo dos disparos foi segundo baleado na ação e motivação está ligada ao tráfico de drogas

Por Ludmila Calheiros

03/01/2022 às 13:39:12 - Atualizado há
Imagem: Arquivo/Assessoria

A morte de uma criança de oito anos, atingida por bala perdida na Chã do Pilar, nesse domingo (02), já tem pelo menos dois suspeitos identificados. Segundo as investigações, os disparos de arma de fogo foram efetuados por pessoas ligadas ao tráfico de drogas na região. Além da morte do menino Rafael dos Santos Oliveira, um jovem também foi baleado e está internado no Hospital Geral do Estado (HGE), ele teria sido o motivo dos disparos efetuados.

Lucivaldo Alves da Silva, de 22 anos, foi atingido no braço e lombar. Segundo as investigações, ele teria envolvimento com o tráfico de drogas, inclusive com passagens pela prisão, além de ter protagonizado algumas brigas na região nos últimos dias. A polícia acredita que o jovem era alvo dos disparos que acabaram atingindo também o menino Rafael, que morreu no local.

Os tiros, segundo relatos da própria mãe da criança, que presenciou o crime, teriam sido efetuados por pessoas que estavam em um carro amarelo.

O delegado do caso, Sidney Tenório, afirmou à imprensa que os suspeitos no crime tem passagens por tráfico de drogas, assim como Lucivaldo, que chegou a ser preso três vezes. O atentado está sendo tratado como prioridade.


Comunicar erro
Portal Na Rede

© 2022 Portal Na Rede - Todos os direitos reservados.
Contato Comercial - John Kennedy - 82 99945-6055

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal Na Rede