Dia Internacional contra a Homofobia: Gil do Vigor pede reflexão e famosos compartilham manifestações

Estilo

Com informações: Gshow / Foto: TV Globo

Para celebrar o Dia Internacional contra a Homofobia, lembrado em todo o mundo nesta segunda-feira, 17, muitas personalidades e famosos compartilham mensagens de manifestação pedindo respeito e direito ao amor livre LGBTQIA+. Veja algumas mensagens:

GIL DO VIGOR

“Neste dia de combate à LGBTfobia que seja mais do que tudo, um dia de reflexão. O Brasil é um dos países que mais mata pessoas LGBT no mundo e estar vivo é ainda o nosso maior ato de resistência. Não deveria ser assim. Homofobia é crime!”

LUMENA DO BBB21

“Enfim, 17 de maio, que nosso arco íris seja repleto de boas histórias de libertações internas e coletivas! A gente está tão cansada de lutar contra isso ou contra aquilo sabe…Toda data que convoca um posicionamento identitário me dá um nó na garganta, pois na real, na real, hoje eu só queria fazer um belo jantar para Nanda.”, escreveu a psicológica que namora há dois anos a musicista Fernanda Maia.

A ex-sister quer ir para os Estados Unidos para tentar engravidar e deseja se casar por lá. “Sinto que no Brasil existem poucas oportunidades sobre esse tipo de investimento. Quando estivermos mais estabilizadas em nossas carreiras, pretendemos realizar o sonho da maternidade através da reprodução assistida”.

POCAH

“Hoje é o Dia Internacional de Combate à LGBTfobia. O Brasil é o país que mais mata LGBTs no mundo e já passou da hora dessa estatística mudar. Estamos cansados de ser estatística, de sermos líderes no que há de pior. Ninguém deveria ser punido por ser como é, todos deveriam ter o direito de amar! As informações estão todas aí, vamos nos conscientizar, vamos aprender e parar de replicar preconceitos ultrapassados. Pelo direito de amar e de existir livremente, vamos juntos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *