Regina Casé posa com os filhos e diz que Benedita foi ‘cobaia’ para criar Roque

Estilo

Com informações: O Globo / Foto: Divulgação

Depois do sucesso da personagem Lurdes em “Amor de mãe”, Regina Casé ataca como manequim. Dirigida pela filha Benedita e atuando ao lado do caçula Roque, a estrela, de 67 anos, mostra desenvoltura, naturalidade e força. “Dizem que toda top quer ser atriz, eu como atriz, morro de vergonha de ser modelo. Mas não fiquei acanhada pois estava em família”, conta.

Regina frisa que sempre adorou moda, ferramenta importante para quem atua. ‘O pessoal fala que tenho mais amigos no meio do que na música, teatro ou cinema. Acho que é uma maneira de se expressar e desde pequena entendi que era muito potente e gostava de inventar minhas roupas. E eu tinha uma tia, a Julinha, que tinha uma máquina de costura de pedal, que guardo até hoje. Ela fazia todas as minhas loucuras. Eu idealizava minhas maluquices e ela colocava em pratica.”

Fã do estilista belga Dries van Noten, ela afirma que nunca se importou com marca. Seu alvo sempre foi o estilo, o produto. “O trabalho de Dries, por exemplo, me lembra muito o artesanato indiano, que eu  sou apaixonada”, observa a atriz, que está na campanha de Dias das Mães da grife de calçados e acessórios Reserva Go.

A seguir, Regina fala sobre a relação com os filhos, seu lado avó e se fará outra novela logo.

Como é sua relação com os filhos?

Acho que eu estou sendo uma mãe melhor para o Roque. Tão mais calma que eu fico mais relaxada, deixo ele mais solto. Já a Benedita não… achava que tudo tinha que ser perfeito, seguir aqueles livros de maternidade. Acho que a Benedita, tadinha, foi cobaia para eu criar o Roque (risos).

Que tipo de avó você é?

Não posso dar mole para o Brás (filho de Benedita) por causa do Roque. Queria deixar o Brás fazer o que ele quisesse, mas não posso por causa do Roque, tenho que colocar mais limite.

Como está a vida pós “Amor de mãe”? Você desapega rápido das personagens ou fica revivendo a história?

Ah, estou com muita saudade de “Amor de Mãe”. Morro de saudade da Lurdes, um personagem tão lindo, que me tomou tanto. Eu sinto saudade mesmo, como pessoa mesmo, alguém por quem eu tinha muito carinho e tive que me afastar.

Quando iremos te rever numa novela? Ficou animada novamente depois do enorme sucesso de “Amor de mãe” ou voltará para a linha de show? Qual é o plano?

Acho lindo a vida de atriz, sublinhando acertos, assistir à novela junto com o Twitter, acompanhar a emoção das pessoas. E acho lindo o meu reconhecimento como atriz, seja em filme com “Que horas ela volta” ou em novela, é tão caloroso, tão gostoso, que eu quero continuar como atriz! É engraçado, porque para mim parecia que faziam dois anos que eu não atuava, mas quando fui ver eram quase 20.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *