Ceará pode atingir diante do Salgueiro a marca de 20 jogos invicto na Copa do Nordeste

Esportes

Alvinegro pode chegar a 20 partidas sem perder na competição regional. Vovô já detém a maior sequência invicta da história do torneio

Mais de um ano de invencibilidade na Copa do Nordeste. O Ceará pode atingir neste sábado, 10, diante do Salgueiro, no Castelão, a relevante marca de 20 jogos seguidos sem perder na competição regional. O clube do Porangabuçu tem a maior sequência invicta da história do torneio.

O Vovô alcançou o recorde de invencibilidade no Nordestão na quarta rodada da edição 2021, quando empatou em 0 a 0 com o Fortaleza, no primeiro Clássico-Rei da temporada, superando a marca do Náutico de 15 partidas. De lá pra cá, o Alvinegro só aumentou a própria sequência. A equipe ostenta dez vitórias e nove empates, com 32 gols marcados e 13 sofridos.

O 19º jogo invicto foi assegurado em grande estilo, no sábado passado, quando o Ceará goleou o Sport por 4 a 0 e quebrou o tabu de nunca ter vencido os pernambucanos na Ilha do Retiro. Classificado de forma antecipada para o mata-mata deste ano na competição regional, o time cearense chega para a oitava e última rodada motivado para garantir a liderança do grupo A.

A sequência do escrete do Porangabuçu teve início em 26 de janeiro de 2020, na estreia na Copa do Nordeste, na temporada passada. Naquela ocasião, o Ceará ficou no empate em 2 a 2 com o Frei Paulistano. Era o pontapé da campanha que resultaria no bi invicto do Nordestão e na consagração do time comandado por Guto Ferreira. Vina encerrou a participação no torneio como o craque e artilheiro com cinco gols.

Em 2020, o Alvinegro foi alvo de desconfiança da torcida após cinco empates seguidos até a quinta rodada do torneio. Neste período, o treinador Argel Fucks foi demitido e Enderson Moreira assumiu o cargo. O hoje técnico do Fortaleza conquistou os dois primeiros triunfos do Vovô na competição, com goleada de 4 a 0 sobre o River-PI e vitória apertada por 2 a 1 diante do Sport, quando logo em seguida houve a paralisação do futebol devido à pandemia da Covid-19.

Enderson deixou o cargo para assumir o Cruzeiro e o Ceará contratou de forma imediata Guto Ferreira. Para conclusão do Nordestão, a reta final do torneio foi realizada em sede única, em Salvador. Sob o comando de Gordiola, o Vovô engatou sequência de cinco vitórias seguidas e ficou com a Orelhuda. A equipe terminou a edição com 21 gols marcados, melhor ataque da Lampions, e dez sofridos.

via O Povo Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *