Já está em funcionamento ambulatório para pessoas com sequelas da Covid-19

Notícias

Ambulatório está funcionamento no Hospital Metropolitano em Maceió

Buscando realizar o tratamento completo dos pacientes acometidos pelo novo coronavírus, o Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA) conta, agora, com o Ambulatório Pós-Covid-19. O serviço, realiza o acompanhamento e tratamento dos pacientes com algum tipo de sequela decorrente da Covid-19.

O ambulatório conta com especialistas renomados em neurologista, infectologista e hematologista tratando e acompanhando os pacientes de forma especifica, entregando assim um atendimento adequado.

O médico neurologista Aldo Calaça, faz parte do time de especialistas do ambulatório e explica a unidade visa reabilitar as pessoas com sequelas da Covid-19.  “A Covid-19 é uma doença sistêmica, que não atinge apenas o sistema respiratório, mas, diversos outros órgãos. Entre eles está o sistema nervoso central e, por isso, se faz extremamente necessário a avaliação neurológica”, salientou. 

Pós-Covid-19

Segundo estudos norte-americanos cerca de 80% de pacientes recuperados da Covid-19 apresentam o que já está sendo chamado de Síndrome pós-covid, onde ao menos um sintoma é sentido até quatro meses depois do fim da infecção.

Fadiga

Falta de ar

Dores de cabeça

Dores musculares

Queda de cabelo

Perda de paladar e olfato (temporária ou duradoura)

Dor no peito

Tontura

Tromboses

Palpitações

Depressão e ansiedade

Dificuldades de linguagem, raciocínio e memória

Além disso, pacientes que saem de UTIs ainda sofrem com problemas comuns de pós internação.

Em Alagoas, os atendimentos serão realizados através de encaminhamento médico e agendados pela Central de Regulação do Estado. A unidade atenderá pacientes de toda a Rede Pública de Saúde Estadual.

“Um dos nossos objetivos é garantir o acesso da população aos serviços de saúde, mas, além do acesso, garantir que o atendimento seja de qualidade e com integralidade da assistência”, ressaltou Marcos Ramalho, diretor do Hospital Metropolitano de Alagoas e secretário executivo de Ações de Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *