Foto Secom Maceió: Coletivos

TRT de Alagoas considera paralisação de rodoviários abusiva e prevê multa diária de R$ 50 mil por descumprimento

Notícias

*Com informações: assessoria

A Justiça do Trabalho em Alagoas considerou nesta segunda-feira (05) abusiva a paralisação anunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Alagoas com início nesta terça-feira (06), e determinou a circulação de 100% da frota de coletivos em Maceió. Em caso de descumprimento, uma multa diária de R$ 50 mil foi estipulada ao Sindicato e seus dirigentes.

A liminar foi concedida pelo desembargador Marcelo Vieira, presidente do TRT/AL, em ação de dissídio coletivo proposta pelo Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município de Maceió (Sinturb/Mac), que alegou não ter havido o aviso prévio ao empregador com a antecedência de 72 horas prevista em lei para atividades essenciais.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado de Alagoas (Sinttro) havia negado a proposta do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb) em audiência virtual mediada pelo Ministério Público do Trabalho. A categoria tinha decidido manter a paralização dos ônibus a partir desta terça-feira (06), em Maceió. A circulação dos coletivos estava marcada para ocorrer a partir de 12H. A paralização ocorreria neste formato até quinta-feira (08), mas a categoria não havia descartado greve.

A reportagem aguarda retorno do Sinttro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *