Crédito foto PC/AL: corpo de empresário é encontrado carbonizado

Olho d´Água das Flores: Corpo de empresário é encontrado carbonizado; suspeito morreu em confronto

Cidades

Chegou ao fim a busca pelo empresário Gilmário Alencar, de Olho d’Água das Flores, no interior de Alagoas. A vítima, que estava desaparecida desde a última quarta-feira (24), foi encontrada morta com o corpo completamente carbonizado. Quatro suspeitos no crime foram identificados, três foram presos e o quarto entrou em óbito após trocar tiros com a polícia na madrugada deste sábado (27).

Segundo o delegado da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), Gustavo Xavier, a vítima foi estrangulada até a morte e depois teve o corpo incendiado em um tonel.

O delegado também apontou que o crime foi planejado pelo genro da vítima e o proprietário de um lava jato. Dois funcionários do estabelecimento teriam recebido uma quantia de R$ 10 mil pelo homicídio.

O proprietário do estabelecimento e o genro da vítima teriam organizado o crime por terem dívidas com o empresário que chegavam a R$18 mil.

O delegado também revelou, que mesmo após terem assassinado brutalmente o empresário, os suspeitos planejaram pedir dinheiro à família, como um suposto resgate. O plano não foi levado a frente porque os suspeitos sabiam que o caso estava sendo investigado.

Para tentar passar uma impressão falsa à família, os suspeitos chegaram a mandar uma mensagem pelo celular da vítima pedindo que não acionassem a polícia.

A prisão

A polícia apreendeu com o grupo duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 12.

Um dos funcionários do lava jato morreu após trocar tiros com a polícia. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *