Técnica da Seleção Brasileira gostou das nossas meninas no Torneio She Believes

Esportes

Assessoria CBF

Técnica Pia Sundhage faz um belo trabalho com as meninas canarinhas

Na noite desta quarta-feira (24), a Seleção Feminina encerrou sua participação com vitória no Torneio She Believes, disputado em Orlando (EUA). O triunfo de 2 a 0 sobre o Canadá também marcou o término deste período de preparação da Canarinho visando os Jogos Olímpicos.

Com seis pontos conquistados dos nove possíveis, o Brasil ficou com a segunda colocação do quadrangular – atrás apenas dos EUA, que venceu todos os jogos. Após o término da competição, a técnica Pia Sundhage fez um balanço do desempenho de suas comandadas na competição.

Em conversa com os veículos de imprensa durante coletiva virtual, realizada após o jogo diante do Canadá, Pia destacou que os jogos foram cruciais para que ela e sua comissão técnica obtivessem respostas no que tange ao desempenho das atletas. A treinadora da Seleção admitiu que há aspectos do jogo a serem aprimorados, mas que o saldo dentro do Torneio She Believes foi positivo.

“ Tivemos algumas respostas, algumas delas foram com jogadoras jogando bem, mas algumas precisam competir um pouco mais para alcançar um nível internacional. Então tivemos destaques positivos e outros nem tanto. Segundamente, conseguimos marcar gols, fiquei bem contente com o primeiro tempo de hoje. Defensivamente, precisamos ajustar alguns detalhes. Como no jogo de hoje, quando o Canadá colocou quatro atacantes e nos pressionou. Foi parecido com o que ocorreu contra os EUA, com muitas jogadoras pressionando alto. Precisamos melhorar isso para conseguirmos realizar transições e contra-ataques”, analisou Pia, antes de falar especificamente sobre os três jogos.

“É bem mais fácil ser treinadora quando você ganha. Então esses jogos, o da Argentina e o de hoje, pelo fato de termos ganhado e feito gols, faz com que seja mais fácil trabalhar algumas coisas. Estou feliz com esses dois jogos, não tanto com o segundo tempo de hoje, mas a primeira etapa foi boa. (E também estou feliz) pela forma com que nós competimos diante dos EUA. Tivemos algumas respostas, algumas jogadoras realmente estão desempenhando em nível internacional, enquanto outras precisam voltar para casa e trabalhar um pouco mais. Como um todo, o torneio foi bom para nós, e as respostas que tivemos foram muito importantes”, completou a comandante do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *