Covid-19: AMA defende prioridade na vacinação de professores

Notícias

Aumento dos casos e falta de vacinas para a classe pode gerar adiamento na volta presencial

O vice-presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Fernando Sérgio Lira, defendeu que a classe dos professores passe a fazer parte do grupo prioritário no sistema de vacinação contra a Covid-19. Fernando apontou que a falta de perspectiva de vacinação da categoria pode atrasar a retomada das aulas presenciais no estado.

O pedido de inclusão dos professores no grupo 2 da campanha de vacinação já foi protocolado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) junto ao Ministério da Saúde (MS). Atualmente, os profissionais se encontram no grupo 4 de imunização.

“A realidade dos pequenos municípios é diferente dos grandes. As pessoas não estão aguentando o confinamento, as crianças estão em casa, muitas delas sendo agredidas, violentadas, isso tá criando uma patologia social. Por isso, estamos nos esforçando para eles voltarem”, colocou o prefeito Fernando Sérgio, que coordena as ações de saúde na AMA.

O presidente da CNM, Glademir Aroldi, destacou que os gestores locais estão sofrendo pressão da sociedade e da imprensa para a retomada das aulas, mas disse que é necessário vacinar os profissionais da educação para possibilitar isso, assim como têm realizado outros países.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *