Reprodução: Governo anuncia redução de vacinação contra Covid-19 em AL

Renan Filho anuncia desaceleração de vacinação em AL por redução no envio de doses

Notícias

A programação de vacinação contra a Covid-19 em Alagoas vai ficar mais lenta. Foi o que informou o governador Renan Filho, na manhã desta sexta-feira (19), durante coletiva de imprensa. Isso se deve a mudança do cronograma do Instituto Butatan, que reduziu o envio para os estados de nove para três milhões de doses. Os imunizantes, mesmo abaixo da quantia anteriormente esperada, vão ser encaminhados a partir do dia 24 de fevereiro.

O governador disse que com a redução consideravel no envio vai tornar a vacinação em Alagoas mais lenta do que foi em janeiro e que a expectativa criada não deve ser cumprida.
“Isso significa que não temos a quantidade de vacinas necessárias para imunizar o povo dentro do prazo que anunciamos”, ressaltou Renan Filho.

Com a redução do envio das vacinas e, a consequente desaceleração do processo de imunização contra a Covid-19, os planos para o retorno das aulas presenciais da rede pública estadual também sofreram impacto.

Renan Filho afirmou que vai mobilizar governadores para cobrar ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, mais rapidez na distribuição da vacina.

Já sobre a notificação positiva da variante brasileira do novo coronavírus em duas alagoanas, o governador disse que, por enquanto, não haverá endurecimento das medidas de distanciamento social.


As notificações ocorreram em Viçosa e Anadia. Apesar da mulher de Viçosa ter tido contato com parentes no Amazonas que testaram positivo para a Covid-19, a mulher de Anadia relatou que não teve nenhum histórico de viagem o que aponta que houve transmissão comunitária da nova Cepa da Covid-19.

1 thought on “Renan Filho anuncia desaceleração de vacinação em AL por redução no envio de doses

  1. Presado do governador do estado Renan filho, eu sou um ex funcionário do estado eu e os outros necessitamos que o senhor pague o nosso direito que temos de receber o nosso dinheiro que nos temos no estado,que a nossa Pacatoria, que é nosso dinheiro que nós precisamos,e necessitamos muito de receber nossos dinheiro, porque nosso alagoanos estamos passando fome através desse vírus, então libere as nossas Pacatoria. Boa tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *