Começam a faltar leitos de UTI/Covid-19 em cidades do interior de Alagoas

Notícias

Em Palmeira dos Índios não há mais vagas. Em Santana do Ipanema, resta apenas uma

O relatório que divulga a taxa de ocupação de leitos para pacientes com Covid-19 revelou bem mais do que um aumento considerável de internações em UTIs em Alagoas. O documento mostra ainda que na cidade de Palmeira dos Índios, agreste alagoano, não existem mais vagas para internação de pacientes em estado grave da doença.

Segundo o relatório, todas as 6 vagas de UTI no Hospital Santa Rita estão ocupados. Caso alguém precise de internação, terá que ser deslocado para outra cidade.

O documento mostra ainda que em Santana do Ipanema, no sertão, o hospital Clodolfo Rodrigues está operando no limite. Das 10 vagas disponíveis de UTI adulto, 9 estão ocupadas com pacientes em estado grave da doença.

Em Arapiraca, no agreste, o sinal de alerta também foi acionado. Lá 77% dos leitos estão ocupados restando somente 9 leitos disponíveis. Em União dos Palmares, na zona da mata, são apenas 3.

Prefeituras dessas cidades estão intensificando o alerta a população para que as medidas de prevenção sejam tomadas com mais efetividade pelos moradores. O principal foco da preocupação está no término do período de carnaval, onde muitas festas clandestinas ocorreram, o que pode gerar um colapso no sistema de saúde nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *