Quarta registra 10 mortes e mais de 600 novos infectados por Covid-19 em Alagoas

Notícias

Ao todo, Estado tem mais de 126 mil registros da doença

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), desta quarta-feira (17/02), confirma mais 650 novos casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 126.326 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 2.358 estão em isolamento domiciliar. Outros 120.691 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 7.724 casos em investigação laboratorial. Foram registradas dez mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 2.893 óbitos por Covid-19.

Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 2.893 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 2.885 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 1.607 eram do sexo masculino e 1.278 do sexo feminino. Eram 1.302 pessoas que residiam em Maceió e as outras 1.583 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

Óbitos

No boletim desta quarta-feira (17/02), mais dez mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo três vítimas da capital alagoana e sete do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram três homens de 75, 80 e 83 anos.

O homem de 75 anos era diabético, hipertenso, havia sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 80 anos era diabético, hipertenso, cardiopata e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; e o homem de 83 anos tinha diabetes, cardiopatia, neuropatia diabética e morreu também no Hospital da Mulher (HM), em Maceió.

Em relação às vítimas que residiam no interior do Estado, eram três mulheres, sendo duas de 77 anos e uma de 81 anos, além de quatro homens de 54, 56, 81 e 86 anos. A primeira mulher de 77 anos, residia em Monteirópolis, era hipertensa, diabética e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; a segunda mulher de 77 anos, morava em Campo Alegre, era diabética, hipertensa e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a mulher de 81 anos, morava em Arapiraca, era diabética, hipertensa e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 54 anos, residia em Pão de Açúcar, era diabético e também morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 56 anos, residia em Rio Largo, era diabético, hipertenso e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 81 anos, morava em Arapiraca, era diabético, hipertenso e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; e o homem de 86 anos, residia em São Sebastião, era hipertenso e morreu no Hospital Regional de Arapiraca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *